O que está procurando?

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

EICOSANÓIDES

Os eicosanóides são sintetizados a partir dos ácidos graxos essenciais ácido araquidônico ω6
 e ácido eicosapentanóico (EPA) ω3, estes dois constituem fosfolipideos da bicamada lipidica da membrana celular. São compostos estruturalmente relacionados.

Temos os seguintes eicosanóides:
- prostaglandinas
- prostaciclinas
- tromboxanas
- leucotrienos

A síntese destes inicia-se com a liberação de ácidos graxos da bicamada lipidica, esta liberação ocorre através de uma hidrólise catalisada pela enzima fosfolipase, isto ocorre por exemplo em resposta a inflamação e reações alérgicas.

A via de síntese de eicosanóides é bidirecional:
- a mesma via sintetiza: prostaglandinas, prostaciclinas e trombaxanas;
- outra via é exclusiva na síntese de leucotrienos.

Os eicosanóides não são transportados pela circulação, exercem seu efeito no local onde são sintetizados e possuem uma curta meia-vida, regulam processos fisiológicos: contração muscular, regulam a pressão arterial, dilatação dos brônquios, contração uterina, reação inflamatória, manifestação da dor e febre, coagulação sanguínea e outros.

Fármacos anti-inflamatórios, analgésicos e anti-piréticos interferem no metabolismo dos eicosanóides, observe:

Corticosteróides inibem a enzima fosfolipase, reduzindo assim a disponibilidade de ácido araquidônico e afetando desta forma a síntese de todos os eicosanóides derivados deste ácido graxo.

Anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) como a Aspirina®, Indometacina, fenilbutazona, Ibuprofeno, diclofenaco e outros bloqueiam apenas a via de síntese das prostaglandinas, prostaciclinas e tromboxanas, não atuam sobre os leucotrienos. AINEs inibem a COX (ciclooxigenase) que permite a ciclização do ácido araquidônico incorporando um Oxigênio.

Aspirina® em doses baixas previne infartos, pois evita a formação de trombos e coágulos ao impedir a síntese de tromboxanas, que é praticamente o único eicosanóide relacionado a plaquetas.

Prostaglandinas estimulam contrações uterinas, utilizada na indução de parto normal.

Leucotrienos são mediadores de processos alérgicos agudos, agem fazendo constrição dos brônquios, por isso utiliza-se um anti-inflamatório contra asma, a fim de inibir os leucotrienos e impedir esta constrição, permitindo assim a respiração do individuo.

(Este texto está completo, em breve haverá adição de figuras e esquemas)

Observação:

Anti-pirético= contra febre, anti-febril.
ω6= ômega 6
ω3 = ômega 3


Bibliografia: MARZZOCO, A.; TORRES, B.B..Bioquímica Básica, 3 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

7 comentários: